BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

domingo, 16 de agosto de 2009

Descargas poluentes da ETAR de Arreigada

A Comissão de Freguesia de Lordelo do PCP vem por este meio denunciar e condenar as descargas efectuadas pela ETAR de Arreigada nas últimas horas, a jusante da Levada do Souto, em Lordelo, que levou à morte de centenas de peixes, à destruição dos ecossitemas ribeirinhos e ao cheiro nauseabundo que está a provocar o descontentamento generalizado dos lordelenses.
O PCP de Lordelo esteve sempre na linha da frente na denúncia destes atentandos ambientais, alertando as autoridades policiais e políticas.
A Comissão de Freguesia de Lordelo do PCP aproveita para denunciar a hipocrisia do actual presidente da Junta de Freguesia de Lordelo, que tem vindo nos últimos tempos a público mostrar-se como o maior defensor do rio Ferreira, depois de ter deixado colocar os tubos da ETAR de Arreigada no leito do rio e de ter, por várias vezes, discriminado a Associação ambientalista MOINHO, nomeadamente na primeira acção de limpeza das margens do Rio Ferreira que esta Associação lordelense realizou, onde a Junta de Freguesia de Lordelo não colaborou, nem sequer com um saco do lixo!
Assim, o actual presidente da Junta de Lordelo, Joaquim Mota, não tem legitimidade política nem legitimidade moral para querer ser o protagonista da luta por um ambiente saudável na nossa cidade.
O PCP de Lordelo apela às autoridades competentes que encontrem uma solução moderna e definitiva que preserve o meio ambiente da cidade de Lordelo.

A Comissão de Freguesia de Lordelo do PCP
16 Agosto 2009

Sem comentários:

Enviar um comentário