BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

terça-feira, 20 de abril de 2010

Da leitura dos jornais: O aluno cábula

Afinal Mário Soares nada aprendeu de coordenadas terrestres com Álvaro Cunhal. A prova está aqui:
“Cabo Verde não deveria ter sido independente e teria muito a ganhar em ter evitado a separação em relação a Portugal” e “não assisti à independência de Cabo Verde por isso mesmo” (declarações em Colóquio no Instituto Superior das Ciências do Trabalho e da Empresa). “Eu pensava que Cabo Verde não é propriamente África porque Cabo Verde é um arquipélago do Norte do Atlântico”, argumentou.
Estamos elucidados. O aluno era mau , tanto em Geografia, como História, como Cultura Geral. Meteu-se em Estudos Políticos e aí foi um desastre. Agora, como todo o aluno cábula, conta algumas das suas recordações, misturando-as com alguma imaginação. Chegou a ministro, ascendeu a Chefe de Governo, alcançou o cargo de Presidente da Republica. Lembram-se?

Sem comentários:

Enviar um comentário