BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

terça-feira, 22 de junho de 2010

Cavaco Silva: a ver se digo isto de forma simpática...

O cargo e a figura do Presidente da República Portuguesa é indiscutivelmente respeitável. O que se passa é que eu não tenho Presidente da República!
O cidadão Aníbal Cavaco Silva não é meu presidente. O cidadão Aníbal Cavaco Silva não é o presidente de todos os portugueses. Deixou isso bem claro assim que formou o seu Conselho de Estado, retirando o representante dos comunistas para lá sentar um delinquente. Depois disso tem continuado a deixar isso bem claro, sempre que pode.
Nesta ocasião, no funeral de José Saramago, em que até o Estado espanhol se fez representar pela vice-presidente do Governo e a Ministra da Cultura, o cidadão Aníbal Cavaco Silva optou por ficar de férias, mostrando a quem ainda tivesse dúvidas, que é um traste. O cidadão Aníbal Cavaco Silva não presta. O cidadão Aníbal Cavaco Silva deixa envergonhada toda a classe dos técnicos de contas decentes. O cidadão Aníbal Cavaco Silva não precisa de dizer uma única palavra para se lhe ver a profunda estupidez estampada na cara. O cidadão Aníbal Cavaco Silva é tão estúpido que nem se apercebe de quanto este acto miserável o prejudica. Enquanto tantos e tantos seres humanos se esforçam por caminhar no sentido da elevação pessoal, o cidadão Aníbal Cavaco Silva desce, desce, desce sempre... até à altura vertiginosa dos sapatos rasos. O cidadão Aníbal Cavaco Silva é um ser visceralmente "salazarento", mas demasiado ignorante para o perceber. O cidadão Aníbal Cavaco Silva estupidifica e infecta aqueles que o rodeiam. Em legítima defesa, ergo uma barreira sanitária entre mim e Aníbal Cavaco Silva.
Apenas duas notas para terminar:
1- No que respeita a José Saramago, o cidadão Aníbal Cavaco Silva tem uma grande desculpa, pois sempre que se fala da qualidade do ser humano, do carácter do escritor e, sobretudo, da dimensão, profundidade e genialidade extraordinárias da sua obra... o cidadão Aníbal Cavaco Silva não faz a mais pequena ideia sobre de que raio é que se está a falar.
2- O cidadão Aníbal Cavaco Silva acabou por, embora involuntariamente, contribuir de forma assinalável para a dignidade das cerimónias fúnebres de José Saramago... exactamente faltando.

In Cantigueiro

Sem comentários:

Enviar um comentário