BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

sexta-feira, 11 de junho de 2010

PCP contacta com trabalhadores do sector do mobiliário


«Não ao roubo nos salários!
O aumento da retenção de impostos sobre os salários é um roubo aos trabalhadores para encher os cofres dos mais ricos e poderosos!
Mas os trabalhadores do mobiliário são ainda mais prejudicados porque as empresas da região pagavam salários superiores aos declarados "na folha". Agora com o argumento da crise, os patrões estão apenas a pagar o salário declarado, fazendo com que muitos trabalhadores recebam menos 200 ou 300 euros por mês.
É um roubo dos salários pela mão do patrão, que se junta ao roubo dos salários pela mão do Governo!»

Este constitui um dos textos presentes no documento elaborado pelo Sector do Mobiliário do PCP entregue hoje a centenas de trabalhadores à saída das fábricas de mobiliário do concelho de Paços de Ferreira e de Paredes, nomeadamente na Zona Industrial de Lordelo, no âmbito das "500 acções contra o PEC". Os trabalhadores aproveitaram a presença dos activistas comunistas para denunciarem alguns atropelos aos direitos dos trabalhadores praticados pelos seus patrões.
Os comunistas anotaram as preocupações e denúncias dos operários e prometeram tudo fazer para que os direitos de quem trabalha sejam respeitados.

Sem comentários:

Enviar um comentário