BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Silly Season

Autarcas do PSD acusam o Ministério da Educação de “cegueira” e “desorientação” na estratégia de “reordenamento escolar”. Os socialistas de Paredes dão uma conferência de imprensa em que dizem que estão contra a Carta Educativa “megalómana”, querendo mais centros escolares , muito mais pequenos, mais próximos das populações e denunciam o facto de alguns dos 15 previstos não terem acessos concluídos. No dia seguinte, o “socialista” Primeiro Ministro está em Mouriz, inaugurando o seu Centro Escolar, que como se sabe não tem acessos dignos, e não responde a lógica de proximidade da escola para com a comunidade escolar e suas famílias. O autarca de Paredes (do PSD) acompanha o Primeiro Ministro na inauguração e também na atitude sobranceira perante as dúvidas e problemas reais. O PS votou a Carta Educativa, responsabilizou-se pelo seu conteúdo e agora alerta para os seus problemas. O PSD de Paredes condecorou os responsáveis politicos da Carta Educativa de Paredes (Ministério, DREN, CAE). O PCP da região denunciou o processo do reordenamento escolar, apontou casos flagrantes de indecisões e riscos futuros para alunos e pais, e alarvemente foi acusado por um avençado qualquer de defender as escolas do Estado Novo. Os populares em Mouriz levantaram as vozes de um timido protesto sobre os transportes, e Sócrates passa a bola a Celso, que deixa intervir o Presidente da Junta para nada dizer (um e outro). Há um autocarro amarelo á disposição... para calar o público. Falta Penedos e a sua opinião sobre a Carta Educativa, sobra Alçada e o seu sorriso cínico e abunda Celso e a sua descontínua percepção da realidade.
Cristiano Ribeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário