BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um grande contributo para a luta que continua

A DORP do PCP destaca o empenho e a intensa actividade das organizações e dos militantes do Partido que, a par de muitos outros democratas asseguraram uma campanha de massas e de esclarecimento dos problemas que afectam os trabalhadores, o povo, a região e o país, no apoio à candidatura de Francisco Lopes. Só no distrito do Porto foram levadas a cabo mais de 300 acções de contacto com os trabalhadores e populações, iniciativas diversas no formato - desde a distribuição de documentos à porta das empresas até aos inúmeros convívios e outras expressões de apoio à candidatura de Francisco Lopes - mas todas elas indicadoras da profunda ligação desta candidatura aos problemas reais que afligem os trabalhadores, os pensionistas, os jovens e todos aqueles que pretendem uma alternativa política para o país.
Salientamos ainda as grande acções de massas realizadas no distrito, designadamente o comício no Palácio de Cristal – que, reunindo mais de 5000 pessoas, foi a maior acção realizada no distrito nesta campanha eleitoral entre todas as candidaturas – e a arruada na baixa do Porto, no encerramento da campanha.
A Candidatura de Francisco Lopes valeu pelo importante contributo que deu na denuncia do agravamento das injustiças e das desigualdades no nosso país fruto de mais de três décadas de política de direita, bem como pela introdução na discussão das questões fundamentais à superação dos problemas do país, designadamente a necessidade de apoio, promoção e valorização produção nacional e a mais justa repartição da riqueza criada no nosso país, no quadro do projecto defendido pela Constituição da República Portuguesa.
A reeleição de Cavaco Silva, que culmina de forma negativa estas eleições presidenciais, representa na situação que o País vive, não apenas a persistência dos problemas nacionais mas um salto qualitativo no seu agravamento.
No entanto, os mais de 41 mil votos obtidos no distrito, o resultado nacional acima dos 7% (muito mais do que era vaticinado pelas sondagens) e o estímulo dado pelo candidato e pela candidatura à discussão dos problemas que afectam a população da região (desemprego, baixos salários, encerramento de serviços públicos, introdução de portagens nas SCUT), representam um grande contributo para a luta que continua, pela liberdade e pela democracia, por um país mais justo e soberano. São por isso votos que se projectam no presente e no futuro, como parte de um processo de criação de condições para a ruptura e mudança, que se exige para um Portugal com futuro.
Porto, 24 de Janeiro de 2011
A DORP do PCP

Sem comentários:

Enviar um comentário