BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

domingo, 24 de abril de 2011

Não pode celebrar 25 quem nunca saiu de 24



Há um ano escrevi isto:
É uma realidade perceptível (…) que são muitos os responsáveis autárquicos que se sentem francamente incomodados com os cravos vermelhos. Aquilo cheira-lhes demasiadamente a ‘esquerdice’. Omitem, indispõem-se, negam-se à simples evocação e homenagem – simbólica que seja! – ao movimento que derrubou o regime ditatorial de Salazar e Caetano. O que falta saber é o que é que na verdade os incomoda: se as ‘comemorações’ em geral, ou se apenas aquilo que neste ‘feriado’ se comemora. No ar fica a dúvida, e por ventura no trabalho (ou falta dele) a resposta. Talvez seja por coerência. Não pode celebrar 25 quem nunca saiu de 24.


Hoje mantenho o que escrevi e pelas mesmas razões. E é também pelas mesmas razões que, no passado como no presente, mantenho o meu cravo bem erguido, sabendo que cada cravo erguido é um cravo espetado na garganta daqueles a quem politicamente continuarei a combater.


Sem comentários:

Enviar um comentário