BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Trabalhadores respondem à ofensiva




Milhares de trabalhadores participaram hoje em acções de protesto contra as medidas impostas pelo Governo, dando uma forte resposta ao ataque contra os seus rendimentos e direitos que, acusam, o executivo PSD/CDS rouba e coloca em causa, ultrapassando mesmo pela direita o compromissos assumidos no memorando de entendimento com a troika FMI/BCE/CE.
As acções integradas na semana de luta convocada pela CGTP-IN, iniciaram-se, de manhã, com concentrações e caravanas reivindicativas nas Caldas da Rainha, Évora e Aljustrel, e prosseguiram, à tarde, em Faro, no Porto, Vila Real e Lisboa.
Na capital, a manifestação encheu por completo o percurso entre o Largo de Santos e a Praça de São Bento, transformando-o num caminho de reivindicação e luta, de proposta e apresentação de alternativas à actual ofensiva. «O capital a roubar e quem trabalha a pagar» ou «temos solução, aumentar a produção», foram das palavras de ordem mais gritadas durante o trajecto.
A meio da D. Carlos I, uma delegação do PCP, liderada pelo secretário-geral do Partido, Jerónimo de Sousa, saudou a iniciativa de quem produz e cria riqueza, demonstrando quem de facto está ao lado dos trabalhadores em todas as horas e para a luta toda.
Já junto à Assembleia da República, a longa coluna de trabalhadores em protesto pacífico mas determinado, baralhou os cálculos às autoridades, que, face à crescente massa humana, resolveu a despropósito reforçar o contingente policial.
«O povo unido jamais será vencido», respondeu a multidão indignada antes de garantir, de viva voz, que esta foi apenas a primeira de muitas jornadas de combate contra a política injusta que sacrifica sempre os mesmos.
«A luta continua!», afirmaram ainda os trabalhadores numa contundente expressão de total disponibilidade para organizarem contra-ofensivas à altura da sanha antipopular do Governo Coelho/Portas.

Sem comentários:

Enviar um comentário