BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

sábado, 28 de janeiro de 2012

Congresso da CGTP

O novo Conselho Nacional da CGTP (com 147 membros), foi nesta sexta-feira eleito no XII Congresso da central sindical com 735 votos a favor, oito brancos e 32 nulos. Foi uma muito expressiva votção. Arménio Carlos foi eleito na madrugada deste sábado o novo secretário-geral da CGTP para o próximo quadriénio com 113 votos a favor e 28 brancos (portanto, sem votos contra). 48 mulheres, o maior número de sempre, participam no Conselho Nacional. Do Conselho Nacional anterior, saíram 53 elementos, a maioria por motivo de idade. Carvalho da Silva sai com apreço e agradecimento dos trabalhadores portugueses após exercer 25 anos de responsabilidades concretas e sai num período de luta social intensa.
O jornalismo-furão continua a sua inacreditável campanha mediática em torno do Congresso da CGTP. E serve-se de mil pretextos para tentar o divisionismo, a diversão, o conflito interno, o preconceito, o anticomunismo. Felizmente o movimento sindical de classe encontra-se no geral unido e mobilizado, imune a pressões ideológicas da burguesia dominante, fortalecido na sua autonomia e democracia, consciente das suas obrigações sociais e politicas.
Arménio Carlos confirma a sua superior determinação de manter o projecto colectivo e fortalecer a intervenção. Com coragem e orgulho assume-se como comunista. Relembra, oportuno, o papel do PCP na criação e evolução do projecto sindical da CGTP. E desvaloriza os pequenos truques,e as exibições grotescas de dirigentes menores, afectos á corrente socialista e á caricatural Refundação (dita) "comunista", expressões periféricas de egos não devidamente auto-avaliados.
A realidade desmente sempre os desejos dos palradores encartados, dos His Master Voice. A luta fortalece a consciência e dela emana.

Sem comentários:

Enviar um comentário