BLOGUE DA ORGANIZAÇÃO DA FREGUESIA DE LORDELO DO PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Resumo da AF de 24 Setembro 2012



A sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de Lordelo, realizada ontem, ficou marcada pelos elogios à vida e personalidade do Sr. Álvaro do Ronfe, falecido recentemente, conhecido pela sua simplicidade e dedicação à comunidade lordelense.
Outros temas foram trazidos pelo deputado da CDU. Miguel Correia aludiu ao sucesso do Campeonato Europeu de Hóquei em Patins, realizado no Pavilhão Rota dos Móveis, sem deixar de criticar a comunicação social por ter omitido, muitas vezes, que o evento ocorreu na cidade Lordelo e também as dificuldades de muitos visitantes em encontrarem o local do evento desportivo por falta de sinalização.
O eleito comunista lembrou o facto de o presidente da Junta de Freguesia já ter admitido publicamente que algumas promessas não vão ser cumpridas neste mandato, tais como: o campo sintético do Aliados e nova ponte junto aos Bombeiros. Pediu esclarecimentos sobre a não abertura do novo Pólo Educativo situado no lugar da Campa, prometida para este ano lectivo, e a paragem das obras há mais de um ano no segundo Pólo Educativo, junto à actual Escola EB1 de Corregais.
Na sua intervenção, Miguel Correia questionou o ponto de situação da recuperação e beneficiação da Torre dos Alcoforados e zona envolvente e ainda o novo brasão e a nova bandeira apresentados na sessão de 5 de Dezembro 2011.
O presidente da Junta de Freguesia reconheceu que há obras prometidas para este mandato que não vão ser cumpridas, mas prometeu que elas avançarão após o final do mandato e a sua saída do Executivo.
Sobre a não abertura do Pólo Educativo, adiantou que ainda faltam algumas obras, nomeadamente de acesso ao edifício, tendo sido preferível abrir no próximo ano lectivo. Também sobre as novas mudanças nas escolas e a eliminação de postos de trabalho devido ao facto das refeições escolares passarem a ser confeccionadas e servidas por uma empresa privada, prometeu encontrar soluções de emprego para as trabalhadoras que ficaram desempregadas.
Confessou problemas com um proprietário de um terreno junto à Torre dos Alcoforados, que irão atrasar a concretização do projecto e ainda não saber quando estará oficializado o novo brasão e bandeira de Lordelo.
Aproveitou para prometer que, até final do mandato, irá resolver o problema de poluição do rio Ferreira pelo prolongamento do emissário oriundo da ETAR de Arreigada que termina junto à levada do Souto.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Assembleia de Freguesia de Lordelo - próximo dia 24

No próximo dia 24 de Setembro, segunda-feira, a partir das 21h, terá lugar na sede da Junta de Freguesia de Lordelo, mais uma sessão ordinária da Assembleia de Freguesia. Como sempre, a sessão é aberta ao público. Apareça!

Ordem de trabalhos:
1 - Período antes da ordem do dia;
2 - Votação e aprovação da acta da última sessão anterior;
3 - Toponímia;
4 - Situação das Escolas/Funcionárias;
5 - Relatório de Actividades do terceiro trimestre 2012;
6 - Período de trinta minutos para intervenção do público.

domingo, 16 de setembro de 2012

AFINAL PARA ONDE DEVEM IR O PASSOS, O PORTAS, A TROIKA, O MEMORANDO E QUEM O APOIAR?




Ontem, o povo mandou Passos Coelho, Paulo Portas, o Governo, a Troika, o memorando, todos eles, para o c… Pelo menos era assim que rezavam muitos cartazes das dezenas de manifestações em todo o país.
Alguns dirão que o povo mandava os dirigentes governamentais e os seus mentores internacionais para o Cais do Sodré, para o cinema, para o Coliseu,  para o consenso, para a concertação social, para a corrupção, mas para mim era mesmo para o c…
Viriato Soromenho Marques, Carlos Amaral Dias e Adelino Maltez entretiveram-nos a analisar estados de alma em entediantes apreciações psicanalíticas. Estamos indignados, e ainda bem que a depressão é muito pior, o protesto é transversal, é para muitos o baptismo da cidadania, estas e outras tretas, e independentemente do diagnóstico dos comentadores… mandamos Passos e Portas para o c….
João Adelino Faria, o finório jornalista da RTP, em final de jornada concluiu que as manifestações tinham um conteúdo de rejeição de “toda a classe politica”, mas eu o que vi foi o conteúdo dos cartazes sobre a classe politica dirigente. Não vi ou ouvi Jerónimo Ladrão ou Louçã para o c…
Filomena Mónica disse que não ia á manifestação por não ter facebook ou telemóvel e por desconhecer as razões do protesto. Eu dou por mim a pensar que ela não foi porque premonitoriamente pensou: what the fuck is “para o c…”?
O CDS e outros inocentes pensam que as razões do protesto se radicam na pedagogia da c…omunicação.
A minha tia Ernestina acha que faltou papel a quem começou a escrever Ide para o C…
Vou já lavar a boca com água salgada para eliminar as vernáculas impurezas linguísticas!

Cristiano Ribeiro